Portal do Governo Brasileiro

 


Link acesso a Informação   Link Facebook   Link Twitter    Link Twiter

Interação entre profissionais e estudantes é destaque no primeiro dia do evento

“A função do enólogo é despertar no outro os sentidos, é entender as pessoas”. A frase da enóloga e professora Ana Paula André Barros resume o primeiro dia da II Semana do Enólogo, que aconteceu nesta quinta-feira (14), no campus Petrolina Zona Rural do IF Sertão-PE.

 

Com o tema “Análise Sensorial: Despertando os Sentidos”, o evento propôs aguçar sensações das mais diversas, apresentando uma programação que abrangeu palestras, exposição fotográfica, degustação e a realização do Roteiro Enoturístico.

Cerimônia abriu oficialmente o evento, na manhã desta quinta-feira (14)

A cerimônia de abertura contou com as presenças da reitora do IF Sertão-PE, Leopoldina Veras, da diretora do campus Petrolina Zona Rural, Jane Perez, da coordenadora do curso de Viticultura e Enologia, Elis Nogueira e da professora Ana Paula Barros, que representou a comissão organizadora do evento.

 Quem esteve presente pode degustar os vinhos e espumantes da região e também os elaborados na Escola do Vinho

“Um evento como esse nos estimula a dizer que nosso aluno está indo muito além da formação técnica, ele sai com uma especificidade delicada. Vejo esse momento com uma responsabilidade muito grande, porque vocês estão mexendo com algo que é muito específico do ser humano”, declarou a reitora Leopoldina Veras. 

O enólogo e egresso do IF Sertão-PE Fábio Laner fez questão da selfie com os alunos

Os destaques do dia ficaram por conta das palestras ministradas por dois enólogos, egressos do IF Sertão-PE e a interação entre os profissionais e os estudantes. Formado na primeira turma do curso de Viticultura e Enologia, Fábio Laner Lenk, que também foi professor no campus Petrolina Zona Rural, é atualmente coordenador do curso no campus São Roque do Instituto Federal de São Paulo (IFSP). 

“A análise sensorial como ferramenta qualificadora de processos enológicos” foi o tema abordado por Fábio Laner, que destacou, entre outros assuntos, tipos de receptores sensoriais, classificação de aromas de vinhos e defeitos sensoriais. Para ele, a oportunidade de voltar ao instituto após seis anos é uma maneira de reconhecimento. “Tenho muita alegria de poder voltar, passar um pouco da experiência que tive aqui naquela época e já trazendo outras coisas novas. Esse tipo de ação faz a diferença dentro de um curso”, disse.

William Paim falou um pouco de sua experiência nos terroirs de Portugal

O enólogo William Paim foi o segundo palestrante do dia, apresentando “Portugal e seus terroirs”. Também formado no IF Sertão-PE, na terceira turma, William trabalha em uma vinícola no Rio Grande do Sul, como enólogo e sommelier. Ele destacou a importância da realização da II Semana do Enólogo: “A gente vê a evolução do curso. Esse evento é muito importante para estimular os alunos, mostrar que a Enologia é um mundo vasto e eles podem trabalhar em diversos setores, despertar o interesse de conhecer outras regiões, provar outros vinhos”, considerou. 

Participantes tiveram o olfato desafiado durante Roteiro Enoturístico

Ao final do dia, os participantes fizeram o Roteiro Enoturístico, que teve início nas plantações de uva do campus, onde houve uma degustação de espumante. O percurso foi finalizado na Escola do Vinho, percorrendo todo o trajeto feito desde a chegada da matéria-prima até seu processamento e transformação em produtos como vinhos, sucos, geleias. Ao final do roteiro, foi realizado um teste de sensações, que desafiou os presentes a adivinhar cada aroma.

Binde em meio aos parreirais

A programação da II Semana do Enólogo continua nesta sexta-feira, com a realização de minicursos e a mesa-redonda “Identidade profissional do enólogo”.

Clique aqui para conferir a programação completa

Campus Petrolina Zona Rural

 

  • PE 647, Km 22, PISNC N - 4, Zona Rural, Cx. Postal 277
    CEP 56.302-970
    Petrolina-PE
  • cpzr.comunicacao@ifsertao-pe.edu.br
  • (87) 2101-8050