IFSertãoPE apresenta primeiros resultados do Projeto Petrolina na Economia Digital à Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial

Várias capacitações realizadas, uma plataforma digital para vendas desenvolvida e 24 lojistas envolvidos e beneficiados diretamente. Essas são algumas ações efetivadas na etapa piloto do Projeto “Petrolina na Economia Digital” e que foram apresentados aos representantes da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em reunião envolvendo a equipe técnica do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IFSertãoPE) e outros parceiros do projeto.

Durante a reunião, foram apresentados os resultados da fase piloto do projeto

Os 24 lojistas atendidos na primeira fase do projeto foram convidados a participar das ações. Durante o processo, os empreendedores passaram por entrevistas para que fosse conhecido o nível de maturidade tecnológica de cada um e participaram de capacitações voltadas para o fortalecimento da atividade no ambiente virtual. Agora, os lojistas estão recebendo a visita da equipe técnica do IFSertãoPE para a alimentação da plataforma digital, que foi lançada no início de julho, com os dados de cada empresa.

O Projeto “Petrolina na Economia Digital” é uma iniciativa da Rede de Inovação de Petrolina, que envolve, além do IFSertãoPE, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo da cidade, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o Sindicato do Comércio Varejista de Petrolina (Sindilojas), o Sebrae/PE e a Fundação de Apoio ao Instituto Federal do Espírito Santo (Facto). Em 2020, o projeto foi contemplado por um edital da ABDI, que é ligada ao Ministério da Economia, e passou a ter financiamento da agência.

Participaram do encontro, representantes do IFSertãoPE e dos parceiros do projeto,
da ABDI e lojistas beneficiados com as ações

Na reunião, os representantes da ABDI puderam, além de conhecer os resultados alcançados até o momento, esclarecer dúvidas sobre a execução do projeto e sobre os novos passos. Para a Coordenadora Financeira do “Petrolina na Economia Digital”, professora Luciana Cavalcanti, o momento foi produtivo, porque promoveu o encontro de todos os envolvidos no projeto “O representante da ABDI ouviu atentamente e registrou, juntamente com sua equipe de comunicação, os depoimentos dos parceiros e dos lojistas que foram contemplados com as ações do projeto na fase piloto. Mesmo com todas as dificuldades impostas pelo período de pandemia, conseguimos cumprir o cronograma de atividades a contento e já estamos nos preparando para a nova fase de escala, quando receberemos mais 120 lojistas.”, concluiu Cavalcanti.

Agora, a expectativa é pela nova fase do projeto. Ainda esta semana dever ser lançado um edital para selecionar novos lojistas para participarem do “Petrolina na Economia Digital”. Ao todo, serão escolhidos 120 lojistas de qualquer setor do comércio. Eles receberão todo o apoio das instituições envolvidas no projeto para levar as vendas para o mundo digital.