Portal do Governo Brasileiro

 


Link acesso a Informação Link Facebook Link Instagram  Link Twiter

Evento  realizado em parceria entre  o IF Sertão-PE e a Univasf discute estratégias de cuidado à vida no contexto acadêmico

Como perceber e cuidar do outro no ambiente acadêmico? Como ir além do científico e tornar a academia mais humanizada? Esses foram alguns dos questionamentos que permearam os diálogos e reflexões durante o primeiro encontro “Do Broto ao Fruto”, que ocorreu nos dias 14 e 15 deste mês, em parceria entre o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IF Sertão-PE) e o Centro de Estudos e Práticas em Psicologia (CEPPSI)  da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).  O evento,  que buscou enfatizar a vida como valor maior e as possibilidades de manutenção da saúde nas instituições educativas, se junta à programação da Campanha Setembro Amarelo, realizada nacionalmente, desde 2015, com o intuito  de conscientizar a população sobre a prevenção do suicídio.

 

Abertura do encontro contou com a participação de representastes do IF Sertão-PE e Univasf, os quais harmonizaram em seus discursos a relevância do evento para troca de experiências, aprendizado e reflexão do cuidado com outro

Durante a abertura do evento, na noite da sexta-feira (14), a Coordenadora de Ensino Básico do IF Sertão-PE, Anna Wanessa Nunes, que representou a reitora Leopoldina Veras, ressaltou a importância do encontro para o ambiente acadêmico das duas instituições. “Tenho certeza que esse momento trará para cada participante um olhar de carinho, de aconchego, que é tão necessário para nossa sociedade.   Não é só a ciência, tem o humano, tem o amor. Acreditamos nessa perspectiva de olhar o outro, de enxergar o outro”.  Já o reitor da Univasf, Julianeli Tolentino, agradeceu a equipe organizadora e ressaltou a importância das parcerias institucionais para o fortalecimento de novas ações. “Temos que adotar esses modelos de parceria para fortalecer a educação em nossa região, especialmente, em momentos como esse de limitações orçamentárias e de demandas crescentes”.

Várias oficinas de cuidado como o corpo também fizeram parte da programação

No decorrer do evento, o público pode participar de uma programação bem diversificada com mesas redondas, oficinas, minicursos, plantão psicológico e atividades culturais; além de palestras ministradas por especialistas de vários estados do Brasil como o “Sofrimento Emocional em Ambiente Universitário”, proferida pela doutora em Ciência Política, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Dayse Miranda; e “Cuidados Psicológicos a Enlutados”, ministrada pela doutora em Psicologia da Universidade Federal de São Paulo, Maria Júlia Kovács.

Grupo Baque Opará compôs as apresentações culturais 

“Esperamos que este evento possa ampliar os debates sobre a temática suicídio e qualidade de vida em nossos ambientes. Pretendemos também que daqui saia um grupo de trabalho multidisciplinar para realizar ações contínuas”, disse a Pedagoga do campus Petrolina do IF Sertão-PE, Neves Almeida, membro da comissão do evento e intermediadora da parceria entre as instituições”. A Pedagoga ainda destacou que o momento só foi possível porque contou também com o apoio da Direção Geral do campus Petrolina do IF Sertão-PE. O evento contou ainda com a parceria do Centro de Valorização a Vida (CVV). 

Servidores e alunos prestigiaram os minicursos

Reitoria

 

    • Rua Coronel Amorim, 76 - Centro
      CEP: 56302-320 | Petrolina/PE - Brasil
    • comunicacao@ifsertao-pe.edu.br
    • (87) 2101-2350

 

  • Anexo 1 - Rua Valério Pereira, 72 - Centro
    CEP: 56304-060 | Petrolina/PE - Brasil
  • (87) 2101-2359