Portal do Governo Brasileiro

 


Link acesso a Informação Link Facebook Link Instagram  Link Twiter

Terceiro dia do segundo ENAMO foi repleto de visitas técnicas

No terceiro dia de programação do II Encontro de Apicultores e Meliponicultores de Ouricuri (ENAMO), ocorreram visitas técnicas à Agrovila Nova Esperança, em Ouricuri-PE, ao Refúgio das Abelhas, em Moreilândia-PE,  à Comunidade Paus Dóia, em Exu-PE, e ao Entreposto de Mel Matrunita, no Crato – CE.  O evento foi realizado pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão em Abelhas (Nupea) do campus Ouricuri do IF Sertão-PE, em parceria com a Associação de Apicultores de Ouricuri (AAPIO).

 

O Refúgio das Abelhas foi um dos locais visitados

O aluno da Licenciatura em Química, Gabriel de Araújo, esteve na visita técnica ao Entreposto de Mel Matrunita, no Crato-CE, e falou sobre a ida ao local. “Foi muito proveitoso. Chegamos e fomos recepcionados pelo diretor da empresa que, posteriormente, explicou toda a história dos diferentes tipos de mel e de diferentes tipos de abelhas. Logo após, fomos observar a higienização do mel recebido dos apicultores e, em seguida, visitamos o laboratório para explicação de como é analisado o sensorial e os processos físicos químicos do mel. Como graduando em Química, tive  um conhecimento abrangente na minha área de estudo”, disse o discente.

No Refúgio das Abelhas, alunos, professores e meliponicultores foram recebidos pelo senhor Francisco das Chagas

Meliponicultor iniciante, biólogo e estudante do curso técnico em Agroecologia do  Serviço de Tecnologia Alternativa (SERTA), Eric Caldas, participou da visita técnica ao Refúgio das Abelhas, em Moreilândia-PE. Ele contou a experiência: “Achei a visita técnica muito legal. Seu Francisco das Chagas é muito acolhedor e apaixonado pelas abelhas nativas. Ele tem muita experiência na criação de abelhas sem ferrão. Foi muito proveitosa, pois podemos aprender mais sobre o assunto”.   

Na comunidade Paus Dóia, os alunos e professores foram recebidos por Vilmar Lermem

Ex-estudante do curso de Agroindústria do campus Ouricuri e, atualmente, servidora pública do município de Ouricuri, Pollyana Souza,fez parte do grupo que visitou a comunidade Paus Dóia, em Exu-PE, e falou. “Foi uma visita muito importante, pois enriqueci os conhecimentos vistos em sala de aula pelo professor Társio Alves. Foi excelente ver de perto as espécies de abelhas nativas sem ferrão”, afirmou.

Discentes e professor Paulo Alvacely visitaram meliponário na comunidade Paus Dóia

As discentes Juliana Medeiros e Jaqueline Alves, ambas do Subsequente em Agroindústria, também visitaram a comunidade Paus Dóia. Elas comentaram que a viagem foi gratificante, uma vez que proporcionou o conhecimento e mostrou, na prática, como é Meliponicultura.  A aluna do Subsequente em Agropecuária, Andresa Nascimento, também falou sobre a visita técnica à Comunidade Paus-Dóia. “Foi muito enriquecedora em todos os âmbitos. Eu falo por experiência própria, pois achava que só existiam quatro espécies de abelhas e aprendi que são mais de 400 espécies em todo território nacional. Fiquei muito feliz em saber que tem muito mel de qualidade produzido por abelhas nativas sem ferrão, as quais não machucam ninguém. Também foi importante o contato direto com a natureza e participar de um momento com a fauna e a flora juntas. Eu saí de lá encantada, minha mente ficou mais aberta para trabalhar na área”, disse.

 

 

Campus Ouricuri

 

  • Estrada do Tamboril, S/N
    CEP: 56200-000 | Ouricuri/PE - Brasil
  • co.comunicacao@ifsertao-pe.edu.br
  • (87) 98122-2215/98122-3778