Portal do Governo Brasileiro

 


Link acesso a Informação Link Facebook Link Instagram  Link Twiter

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia chegou ao fim no campus Ouricuri do IF Sertão - PE

O campus Ouricuri do IF Sertão – PE realizou, entre os dias 15 e 20 e 24 de outubro, a décima quinta edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que teve como o tema “Ciência para Redução das Desigualdades”. Além da SNCT, ocorreu também, no mesmo período, a gincana “E se fosse você?”.  Neste ano, o evento teve mais de 100 atividades e foi promovido em seis polos (campus Ouricuri, Bodocó, Trindade, Centro de Esportes Unificados, Praça Frei Damião e zona rural de Ouricuri). 

Confira a cobertura de cada polo:

 Centro de Esportes Unificados 

   

A peça Esfinge foi uma das atividades que ocorreu no Centro de Esportes Integrados

As atividades no Centro de Esportes Unificados de Ouricuri foram realizadas nos dias 16,17 e 19.  No polo, foram ofertadas oficinas, exibições de filme, palestra, a peça de teatro Esfinge, do grupo M.E.D.U.S.A (Mulheres Empoderadas Donas de um Universo Sensualmente Audacioso), entre outras.

Membro do grupo M.E.D.U.S.A, Maria Luísa Siqueira contou sobre o sentimento de participar da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. “Eu me sinto muito feliz quando Institutos Federais e unidades escolares nos convidam para participar de eventos como a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia”, disse.

A estudante Ohana Dias falou sobre a realização da peça Esfinge. “É uma boa oportunidade para desmitificar os temas mulheres e gêneros, que muitas vezes são tabus da sociedade”, declarou.

O estudante do curso de Edificações do campus Ouricuri, Wandney Guimarães, ponderou sobre a oficina “Produção de Puffs com Material Reciclável”: “Foi uma grande oportunidade para a comunidade construir um objeto simples e moldar a casa”, afirmou.

Trindade

  

Atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia ocorrerão em Trindade

No dia 17, o campus Ouricuri promoveu ações musicais, exposições, oficinas, exibições de vídeos e palestras na Escola Estadual de Referência em Ensino Médio Governador Muniz Falcão. 

A estudante Paula Karine falou sobre a palestra “Gêneros e Sexualidade”, ministrada pelo professor Valter Cezar. “Gostei muito dela. Foi interativa e esclareceu cientificamente e teoricamente”, contou.  O aluno Thiago Ferraz disse que era “um tema polêmico e deveria ser mais abordado em sala de aula”.

O docente da Universidade Federal do Vale do São Francisco e participante da mesa redonda “Drogas – Relações com as classes sociais e legalização”, Hermogenes Moura, afirmou sobre a importância de realizar o debate sobre o tema em escolas de Ensino Médio. “É fundamental iniciar o debate cada vez mais cedo e sempre dessa forma assim não moralizante e com um discurso que aproveite a experiência que os jovens trazem e, dessa forma, fazer com que se construa uma educação para as drogas. E ao contrário de seguir este modelo que faliu da pedagogia do medo e do terror, que não informa e só amedronta. Eu acredito que podemos tratar isso de uma forma alternativa, educando para drogas, construindo eles como agentes multiplicadores do cuidado. Droga não é questão de polícia, é questão de saúde pública e de cuidado”, esclareceu o professor.

O estudante Gabriel Vítor Andrade participou da oficina de Robótica com a equipe do campus Ouricuri “Auribots” e contou: “É um minicurso muito legal. Já tivemos um contato com a Robótica aqui na escola e, agora, estou aprofundando o conhecimento”.

A diretora da Escola Estadual Governador Muniz Falcão, Francisca Ato Rodrigues, falou sobre a importância de o campus Ouricuri realizar um polo da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Trindade. “Foi uma ideia inovadora e de futurismo. Uma oportunidade de intercâmbio entre o IF e a nossa escola”, disse.

Bodocó

  

Campus Ouricuri promoveu um dia de atividades em Bodocó

No dia 18, foi a vez da Escola Estadual João Carlos Lócio de Almeida receber as atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia como apresentações musicais, exposições, oficinas, exibições de vídeos e palestras.

A advogada Tamiris Santos proferiu a palestra “Leis Trabalhistas e Previdenciárias – Conscientizando para reduzir desigualdades” e falou sobre a importância de debater sobre estes assuntos na juventude: “É importante porque os brasileiros não têm a cultura de pensar sobre o amanhã. E, às vezes, o futuro bate às portas antes do que esperamos e se tratando de previdência nós nunca sabemos o que vamos enfrentar na vida. Eles pensam muito que previdência é só aposentadoria, mas existem muitas situações que podemos recorrer a um órgão como o INSS”.

O diretor da escola, José Amilton, aprovou a ideia do campus Ouricuri realizar atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia na escola.“Foi um dia muito importante, pois tivemos várias ações que puderam acrescentar conhecimento para o alunado”, afirmou.

O aluno Rafael Feitoza participou da oficina de Libras e gostou bastante. “Foi bem interessante e aprendi muito sobre Língua Brasileira de Sinais”, declarou.

Zona Rural

 

Ações da SNCT também ocorreram na Zona Rural de Ouricuri

O polo itinerante da Zona Rural teve atividade na Agrovila Nova Esperança e contou com a participação de alunos do IF Sertão-PE, membros da ONG Caatinga, o fotografo Lídio Parente e o professor Washington Coriolano. Foram demonstradas tecnologias da cisterna calçadão e fabricação de sabonete de aroeira, entre outros. Destacando a importância da convivência com o semiárido, segurança alimentar da família, produção de forragens para pequenos animais e armazenamento de água.

Também ocorreu o minicurso de Horta Agroecológica no sítio Teiú com participação do Movimento de Mulheres do Estado, Instituto Madeira e IF Sertão-PE.

Campus Ouricuri

   

Dentre outras atividades, o campus Ouricuri promoveu palestras, oficinas e jogos adaptados

Todos os dias houve diversas atividades na unidade escolar. Além da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, também ocorreu a Semana da Agroindústria. O aluno Leandro Marreiro participou da oficina Física Aplicada à Perícia Criminal, ministrada por Thiago Magalhães da Polícia Científica de Ouricuri. “Gostei bastante e foi uma oficina que trouxe muitos conhecimentos”, disse.

Ocorreu também um jogo de futebol com deficientes visuais com a bola com guizo. Gildemar dos Santos participou do jogo e falou: “Achei muito bom. Foi um momento de divertimento”.

Praça Frei Damião

 

Apresentações culturais ocorreram na Praça Frei Damião

A abertura e o encerramento aconteceram na Praça Frei Damião. O público pôde acompanhar declamação de poesia, peça de teatro, atrações musicais e exposição de projetos de Pesquisa e de Extensão da Instituição, das organizações não governamentais Caatinga e Chapada, dos equipamentos do Laboratório de Física, de Inovações Tecnológicas, da Brinquedoteca de Libras, da equipe de robótica “Auribots” e de produtos da Agroindústria como geleia de Goiaba e de Umbu, licor de Abacaxi e de Umbu, doce de leite pastoso e em barra; e feira de Saúde com os serviços de aferição de pressão arterial e glicemia, distribuição de preservativos, entrega de panfletos para prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis, orientação de alimentação saudável e cálculo do IMC.

A empresária Valdecira Leite assistiu à peça teatral Feminicídio e disse: “Adorei o que vi e achei importante o Instituto Federal discutir sobre o assunto e a apresentação foi muito boa”.

Ciência Móvel

 

O campus Ouricuri recebeu o projeto Ciência Móvel

Com diversos experimentos nas áreas de Química, Física, Biologia, Matemática e Geologia, o Planetário Móvel, a Caravana da Astronomia e Oficina de Foguetes, o campus Ouricuri do IF Sertão – PE recebeu, na última quarta-feira (24), o projeto Ciência Móvel do Espaço Ciência de Pernambuco.

Na ocasião, alunos do campus Ouricuri do IF Sertão – PE, da Escola Estadual São Vicente de Paula e colégios Dom Hélder e CCA tiveram a oportunidade de participar do projeto Ciência Móvel.

A aluna do campus Ouricuri do IF Sertão – PE, Maria Samira Guimarães, falou sobre a oportunidade de participar o projeto do Espaço Ciência. “É bem interessante. Foi um momento muito bom oportunizado pelo IF, pois vimos muitos experimentos e muitas informações sobre Química, Física, Matemática, Biologia, entre outros”, disse.

O discente da Escola São Vicente de Paula, João Pedro Santos, aprovou a ideia de o projeto Ciência Móvel ter vindo para Ouricuri. “Gostei demais. Aprendemos muito sobre Ciência. Espero que retorne mais vezes para Ouricuri”, declarou.

O Espaço Ciência é um Museu Interativo de Ciência, vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco.

Gincana

  

A Gincana "E se fosse você?" foi bastante disputada

A Gincana “E se fosse você?” teve várias provas e, ao final, a vitória foi da equipe Debochados com a Power Green em segundo e a Pior Equipe em terceiro. Todos os times receberam medalhas e vão receber pontuações na nota do segundo bimestre de acordo com a escolha do aluno membro da equipe.

Líder da equipe Power Green, Rhian Petrus, se sentiu agradecido por participar da Gincana. “Foi uma oportunidade muito grande dos alunos se integrarem ao âmbito escolar. De cada um aprender com outro. Senti muito agradecido em participar da Gincana”, contou.

Líder da equipe Debochados, Luís Afonso de Alencar, também falou sobre o sentimento de participar da Gincana “E se fosse você?”. “Gostei da Gincana. Foi uma sensação muito boa de participar. Teve integração da equipe. Teve muito esforço. Aprendemos a trabalhar em equipe e conseguimos a vitória. Estão todos de parabéns pelo resultado”, disse.

Avaliação

A professora Shayane Moura avaliou como foi realizada a SNCT 2018 no campus Ouricuri. “Encerramos a SNCT 2018, realizada no período de 15 a 20 e 24 de outubro . Durante toda a semana, diversas atividades estiveram disponíveis para o público interno e externo ao nosso campus. Recebemos diversas escolas em nosso espaço e fomos às comunidades de Trindade, Bodocó e Ouricuri (CEU e Praça Frei Damião) levar os nossos projetos, agregar conhecimentos e refletir sobre as desigualdades do nosso país. Realizamos uma gincana com os alunos e esses foram chamados a desenvolver tarefas que trabalhassem o espírito competitivo enquanto aprenderiam sobre questões sociais. Como representante da comissão, vejo os resultados totais como positivos. Com esforço, concluímos a maior parte das atividades com uma boa quantidade de público. E conseguimos finalizar a gincana, mesmo diante dos imprevistos e das divergências entre as equipes que sempre surgem nessas situações. Foi um evento desafiador desde a sua idealização”, declarou.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Ouricuri foi uma realização do campus Ouricuri do IF Sertão-PE, em parceira com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e o  Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e com o apoio da Prefeitura de Ouricuri, SESI, Polícia Científica de Ouricuri, Escola Estadual João Carlos Lócio de Almeida, Escola Estadual de Referência em Ensino Médio Governador Muniz Falcão e ONGs Agrodoia, Caatinga e Chapada.

Fotos: Felipe Piauilino e Lídio Parente

 

Campus Ouricuri

 

  • Estrada do Tamboril, S/N
    CEP: 56200-000 | Ouricuri/PE - Brasil
  • co.comunicacao@ifsertao-pe.edu.br
  • (87) 98122-2215/98122-3778