Portal do Governo Brasileiro

 


Link acesso a Informação Link Facebook Link Instagram  Link Twiter

Estudante apresenta tecnologias alternativas durante SemiáridoShow

A necessidade de melhor conviver com os problemas em sua propriedade rural levou o estudante Wagner Macedo a inovar. Aluno do curso de Zootecnia pelo Pronatec, no Centro de Referência de Afrânio, ligado ao campus Petrolina Zona Rural do IF Sertão-PE, Wagner colocou os conhecimentos adquiridos no curso e sua criatividade em prática e criou dois sistemas que têm como objetivo facilitar a vida de pequenos produtores.

 

Wagner Macedo apresentou ordenhadeira artesanal

Essas tecnologias estão em exposição no espaço do IF Sertão-PE, durante a sexta edição do SemiáridoShow, que acontece na Embrapa Semiárido, em Petrolina, até esta sexta-feira (23). A primeira, uma ordenhadeira artesanal para cabras, atraiu a atenção de muitos visitantes da feira, pela simplicidade e eficiência do equipamento, feito basicamente com seringas, mangueira de nível, pote de vidro e um motor de nebulizador. “São materiais acessíveis para qualquer um. Fui conhecer uma ordenhadeira mecânica profissional para entender como ela trabalha e adaptar. A eficiência dela para a original de fábrica é a mesma, é o leite diretamente do animal para o recipiente fechado, sem risco de contaminação, de poeira, de pelo, de mosca e por um custo bem mais baixo, que é ideal para o pequeno produtor”, explicou o estudante.

 Estudante fez demonstração da ordenhadeira

A segunda tecnologia se trata de um sistema de irrigação, feito com materiais simples e sem custo de energia elétrica. Segundo Wagner Macedo, todo o processo é feito pela gravidade. “A minha intenção é que o agricultor tenha uma automatização da irrigação, sem que seja necessário registro, boia de nível, bomba automática, custo de energia e fiação”, disse. São duas caixas d'água adaptadas de forma que quando a primeira enche é aberta automaticamente. “Ela vai abrir sozinha, vai fazer o trabalho dela por conta da gravidade que é irrigar e quando chegar ao nível embaixo ela fecha, sem que eu precise estar lá”, relatou.

 Sistema de irrigação tem como elemento principal a gravidade

 Foi a primeira vez que os sistemas foram expostos em um evento agropecuário e tiveram uma repercussão inesperada pelo estudante. As tecnologias estão em fase de aperfeiçoamento e, de acordo com o coordenador de Extensão do campus Petrolina Zona Rural, João Bandeira, a ideia é patentear. “Já estamos em contato com o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) para a gente tentar a patente da ordenhadeira, que é um sistema barato e eficiente. O mesmo deve acontecer com o sistema de irrigação”, afirmou.

Campus Petrolina Zona Rural

 

  • PE 647, Km 22, PISNC N - 4, Zona Rural, Cx. Postal 277
    CEP 56.302-970
    Petrolina-PE
  • cpzr.comunicacao@ifsertao-pe.edu.br
  • (87) 2101-8050