Portal do Governo Brasileiro

 


Link acesso a Informação Link Facebook Link Instagram  Link Twiter

Da entrada à sobremesa: enóloga dá dicas de como escolher o melhor vinho da região para harmonizar com a culinária nordestina

O Nordeste brasileiro é uma região reconhecida por sua rica culinária, baseada na mistura de elementos decorrente de sua marcante diversidade cultural. Além da culinária, a região também tem se destacado nacional e internacionalmente pela produção de vinhos de qualidade, como acontece no Vale do São Francisco. 

 

Por sua versatilidade, é possível acompanhar diversos pratos com vinho, desde a entrada até a sobremesa. Pensando em proporcionar uma experiência capaz de unir a culinária e o vinho do Nordeste, a enóloga e professora do curso de Viticultura e Enologia do campus Petrolina Zona Rural do IF Sertão-PE, Elis Nogueira, preparou dicas de harmonização. 

“Para cada momento é possível realizar uma harmonização que garante o equilíbrio entre a comida e a bebida, tornando a experiência marcante e inesquecível”, afirmou. A seguir, o cardápio e harmonização sugerido pela enóloga. 

Entrada

Caldo de abóbora com carne seca e calabresa. A textura deste prato costuma ser cremosa e com sabor levemente adocicado por conta da abóbora. Aqui encontramos um cenário propício para o espumante Brut Rosé da vinícola Rio Sol, que proporcionará uma ótima sintonia com o sabor da abóbora e a textura cremosa do prato. 

Prato principal 

Chegada a hora mais esperada: o prato principal!

O prato escolhido foi baião-de-dois cremoso com compota especial de cebola roxa e adição de vinho tinto. Este prato apresenta cremosidade em sua textura, oferecendo bastante sabor e corpo. A sugestão do vinho para harmonizar com este prato será o Tempranillo da vinícola Rio Sol, safra 2015. O vinho proporcionará um equilíbrio com a textura do prato, colaborando com a singularidade de resultados, fruto da presença de vinho tinto no ingrediente especial que integrou a concepção do prato.

Sobremesa 

A cartola foi a escolha para o momento. Tal sobremesa possui em sua composição queijo, banana e açúcar. O vinho escolhido para a harmonização foi o espumante Demi-Sec da vinícola Terra Nova. As borbulhas da bebida ajudam bastante a limpar a gordura das papilas gustativas, promovendo um equilíbrio com o açúcar presente na sobremesa.

o menu foi elaborado e apresentado durante a III Semana do Enólogo, por estudantes de Viticultura e Enologia. O curso, ofertado no IF Sertão-PE, oferece em sua grade curricular a disciplina de Enogastronomia, que tem como objetivo o estudo da combinação de vinhos e alimentos e suas implicações, a relação entre a culinária e vinho, montagem de pratos e da mesa, degustação de pratos e vinhos, além da legislação sanitária em vigor relacionada.

Campus Petrolina Zona Rural

 

  • PE 647, Km 22, PISNC N - 4, Zona Rural, Cx. Postal 277
    CEP 56.302-970
    Petrolina-PE
  • cpzr.comunicacao@ifsertao-pe.edu.br
  • (87) 2101-8050